Ofzen And Computing é compatível com leitor. Quando você compra por meio de links em nosso site, podemos ganhar uma comissão de afiliado sem nenhum custo para você. Como associado da Amazon, ganho com compras qualificadas.

Plasmoids 5E Race [descubra fluidez e flexibilidade em DnD]

Corrida de Plasmóides 5E explicada
  Escrito por: Ashish Arya
Atualizado em: 05/11/2023
Husa. Leitura: 10 minutos

Se você é fã de jogos de RPG temáticos, especialmente Dungeons & Dragons, certamente já se deparou com o conceito de corridas.

Eles são parte integrante da identidade do seu personagem, influenciando habilidades, características, culturas e muito mais.

Agora, sempre há algo novo para explorar no mundo inovador do D&D. Uma corrida intrigante com a qual você talvez não esteja totalmente familiarizado é a corrida Plasmoids 5E.

Esta raça alienígena vem com uma variedade de características únicas e estranhas. Supondo que você queira trazer uma camada de exclusividade ao seu jogo ou esteja intrigado com a diversidade que o D&D oferece.

Mergulhar no reino dos plasmóides abrirá caminhos para experiências completamente diferentes.

A corrida Plasmoids 5E é uma jornada por terrenos de fantasia inexplorados repletos de aventuras cheias de adrenalina! Aperte o cinto para uma leitura interessante que pode virar sua experiência de jogo de cabeça para baixo.

O que é a corrida Plasmóides 5E?

Plasmóides são uma raça única apresentada em Dungeons & Dragons, conhecida por sua forma gelatinosa incomum, consistindo principalmente de uma gosma translúcida.

O que é a corrida Plasmóides 5E?

Apesar da falta de partes convencionais do corpo, como olhos ou membros, eles são conscientes e capazes de pensamentos e comunicações complexos.

Eles podem passar por aberturas minúsculas graças ao seu Traço amorfo, prenda a respiração por uma hora seguida, conforme seu Traço Prender Respiração, enxergar no escuro com visão no escuro de 18 metros, ser resiliente contra ataques específicos, principalmente ácidos e venenos, mudar de forma rapidamente e até desenvolver pseudo-membros.

Características Plasmóides

Características Plasmóides
Características Plasmóides

Para compreender completamente os Plasmóides e como eles interagem no mundo de Dungeons & Dragons, é vital aprofundar suas características únicas.

Essas características não apenas definem seus atributos físicos, mas também influenciam suas capacidades e jogabilidade em geral. Vamos analisar as três características principais para uma compreensão mais profunda: aumento do valor de habilidade, tipo de criatura e tamanho.

Leia também: Astral Elves 5E Race [Aproveite a energia cósmica em seu jogo DnD]

Aumento da pontuação de habilidade

Uma das primeiras coisas que você nota sobre os Plasmóides é o aumento no valor de habilidade. Isto se refere a como os pontos dos Plasmóides são distribuídos entre força, carisma, inteligência, sabedoria, destreza e constituição, definindo essencialmente suas proezas nas respectivas áreas.

Os plasmóides têm a flexibilidade de escolher entre duas distribuições para esses aumentos: +2/+1 ou +1/+1/+1. O primeiro significa que dois valores de habilidade podem aumentar em um cada, e um pode aumentar em dois ou vice-versa. A distribuição posterior permite um aumento de um ponto em três valores de habilidade diferentes.

Esta característica destaca um aspecto da adaptabilidade do Plasmoid. Como jogador, você tem maior controle sobre a criação de personagens com tanta flexibilidade, permitindo personalizar seu personagem Plasmoid mais de acordo com seu estilo de jogo preferido.

Tipo de criatura

Ouvimos falar que eles têm uma forma gelatinosa – fiel a essa representação, os Plasmóides são categorizados como Oozes devido à falta de qualquer estrutura convencional.

Este tipo de criatura tem uma relevância significativa na compreensão do seu lugar no ecossistema mais amplo. Os Oozes são tradicionalmente conhecidos por serem sobreviventes resilientes, muitas vezes vivendo em ambientes extremos.

Ser um lodo também influencia a interação com performances mágicas e feitiços lançados sobre eles ou por eles dentro do jogo, uma vez que alguns efeitos podem atingir ou excluir especificamente certos tipos de criaturas.

Um ponto digno de nota aqui é que normalmente os personagens pertencem ao tipo humanóide, mas 'Ooze' diferencia o Plasmóide e define seu mecanismo de interação dentro do D&D de forma bastante única.

Tamanho

O tamanho desempenha um papel importante em D&D. Com os Plasmóides você pode ser de tamanho Médio ou Pequeno. O tamanho diz respeito não apenas à dimensão física do seu Plasmóide, mas também influencia movimentos, cenários de combate, táticas furtivas e interações dentro do universo do jogo.

O tamanho Médio dá ao seu personagem conforto extra em contato físico, como ataques, carregamentos e levantamentos. O tamanho pequeno, por outro lado, poderia proporcionar melhor manobrabilidade e capacidade de se esconder de forma mais eficaz.

A escolha entre Médio e Pequeno oferece mais uma capacidade de customização na hora de criar seu personagem Plasmoid. Dependendo de como você deseja jogar, você pode preferir um ao outro.

Compreender essas características é crucial para maximizar o potencial ao jogar como Plasmoid.

Ao aproveitar suas habilidades únicas de mudança de forma, resiliência e outros atributos encapsulados nessas características principais, você pode experimentar um nível de jogo totalmente diferente.

Velocidade

Os plasmóides são imbuídos de uma velocidade impressionante que certamente acrescenta uma vantagem ao seu arsenal. Eles podem se mover a uma velocidade de 9 metros, o que lhes proporciona um terreno impecável em muitos cenários táticos.

Esta característica é uma parte significativa da sua capacidade natural de navegar por diversas paisagens, desde pontes que rangem até rochas escorregadias.

A característica de velocidade se destaca em meio ao repertório de recursos que os Plasmoids têm a oferecer, aumentando a jogabilidade de uma forma sutil, mas impactante.

Proporciona um ataque rápido e uma defesa constante, permitindo que as batalhas sejam comandadas de forma eficaz. Além do mais, você não precisa se preocupar com o atraso do seu personagem ou com a incapacidade de recuar quando as coisas ficam perigosas.

Amorfo

Indiscutivelmente, uma das características mais interessantes que os Plasmóides trazem é a sua característica Amorfa. Devido à sua composição corporal mutável, os plasmóides podem passar por lacunas que podem parecer impossíveis para outras raças no universo D&D.

Uma passagem estreita ou um pequeno buraco não impedirá seu progresso, e você poderá acessar passagens escondidas e itens secretos durante as sessões de jogo onde outros não conseguem.

Além dessa aplicação prática, Amorphous também afeta a dinâmica de combate ao agregar vantagem em cenários de luta agarrada. Seus inimigos podem achar bastante desafiador tentar prendê-lo quando você pode escapar como um líquido, dada qualquer pressão ou restrição!

Visão no escuro

Como um Plasmóide, você não precisaria de uma tocha para guiar seu caminho na escuridão, graças ao atributo Darkvision com o qual eles vêm equipados. Esta habilidade transcende a visão comum, concedendo-lhes um alcance de visão de até 18 metros, mesmo na escuridão total.

Os plasmóides percebem tudo em tons de cinza quando usam a visão no escuro - as cores estão fora de questão. Isso não evita o mistério, mas nos diz que é preciso mais do que escuridão para ameaçar a fortaleza de um Plasmóide.

Essa característica racial de ver na escuridão total pode ser fundamental em suas missões – ela capacita você, fazendo com que você não tenha medo da miopia que a escuridão traria para a maioria, ao mesmo tempo que melhora sua capacidade de exploração dentro e fora das batalhas.

Segure a respiração

Os plasmóides têm uma carta escondida na manga: a capacidade de prender a respiração por até 1 hora! Submersos ou presos em uma nuvem de gás venenoso, onde outros podem tropeçar, os Plasmóides permanecem resistentes.

Esta capacidade adaptativa oferece maior resistência e versatilidade durante vários momentos do jogo, impulsionando abordagens estratégicas que podem potencialmente contornar situações difíceis.

Isto apresenta uma gama única de oportunidades para enfrentar desafios de forma diferente das abordagens tradicionais e aumentar as probabilidades de sucesso em circunstâncias aparentemente precárias.

Resiliência Natural

Experimentar a raça Plasmoid significa que você está assumindo o papel de uma criatura que possui resiliência natural contra ameaças conhecidas.

A biologia do plasmóide é intrigantemente resistente a uma série de substâncias nocivas. Essa resiliência é visualizada principalmente em sua defesa robusta contra ataques de ácidos e venenos.

Como jogador, essa base biológica concede a você a capacidade de resistir ou anular inimigos que dependem de ácido ou veneno como modo de ataque principal.

A resistência natural dos plasmóides também pode servir como escudo em ambientes perigosos; locais inundados com substâncias corrosivas ou gases venenosos que debilitariam ou prejudicariam instantaneamente membros de outras raças.

Essa característica permite que os plasmóides e, posteriormente, você, naveguem em terrenos potencialmente fatais com relativa facilidade, proporcionando uma vantagem estratégica e ampliando os cenários de RPG.

Moldar a si mesmo

Um dos elementos intrigantes de jogar como Plasmoid vem de sua capacidade intrínseca de transformar sua estrutura física à vontade. Esse recurso atende pelo nome de "Shape Self".

O corpo de cada Plasmóide consiste essencialmente em uma matéria semifluida e gelatinosa que toma forma conforme necessário, permitindo-lhe realizar tarefas que podem parecer impossíveis para criaturas com estruturas anatômicas fixas.

Isso lhe dá vantagens significativas durante suas campanhas. Imagine ser capaz de deslizar sem esforço por fendas estreitas, atravessar paisagens desafiadoras e até mesmo escapar da contenção sem esforço. Estas são apenas algumas possibilidades para um Plasmóide.

Além dessas vantagens de navegação superiores, “Shape Self” permite que os Plasmóides gerem estruturas semelhantes a pseudópodes que imitam membros funcionais espontaneamente.

Da manipulação de objetos à execução de manobras táticas em cenários de combate – aproveitar esse recurso traz uma reviravolta sem precedentes à jogabilidade.

línguas

A linguagem é um aspecto crítico de qualquer raça de D&D – não apenas porque governa a comunicação dentro do jogo, mas também porque molda a cultura e a identidade dentro da rica tradição do jogo.

Quanto aos Plasmóides, eles podem se comunicar em Comum, uma linguagem universalmente falada e compreendida no multiverso de D&D, facilitando a interação com personagens de diversas raças.

O forte linguístico dos plasmóides não termina aqui. Sendo criativo em sua aventura, o Dungeon Master (DM) tem a prerrogativa de permitir que os Plasmóides aprendam um idioma adicional de sua escolha.

Este segundo idioma pode ser qualquer dialeto presente no jogo ou um totalmente novo que melhor se adapte ao cenário narrativo da sua campanha, adaptado pelo Mestre.

Leia também: Idiomas D&D 5E explicados [Entenda as barreiras de comunicação]

Plasmóides: melhores classes trabalhadoras

No vasto mundo do D&D, cada raça tem seus pontos fortes e fracos que combinam excepcionalmente bem com diferentes classes.

Plasmóides: melhores classes trabalhadoras

No caso dos Plasmóides, eles colocam em jogo suas características únicas. Vamos nos aprofundar em detalhes sobre como os Plasmóides sinergizam com algumas das classes.

Artífice

O Artífice é uma classe que depende do uso e criação de itens mágicos, fato que complementa muito a capacidade do Plasmóide de resistir a danos, principalmente devido ao seu traço de Resiliência Natural.

Embora eles raramente usem sua habilidade Amorfa, ela pode ajudar significativamente em circunstâncias peculiares onde o espaço pode ser limitado. A capacidade de mudar de forma ou formar ferramentas simples usando Pseudopod é útil em tarefas de ajustes.

bárbaro

Chegando aos Bárbaros, eles fazem excelente uso da característica Amorfa do Plasmóide por meio de seu recurso Defesa Não Blindada. Isso cria uma limitação para nossos amigos gelatinosos, já que carregar armas em espaços apertados pode se tornar um desafio.

Pesar outros fatores de combate, como luta e durabilidade geral, na verdade torna esta raça amplamente adequada para a construção Tavern Brawler.

Bardo

Como os Bardos dependem muito de exercícios de feitiços verbais, em vez de movimentos intrincados das mãos, o traço Pseudópode é menos eficaz e parece pálido em comparação com feitiços como Mão de Mago.

Ao enfrentar situações difíceis ou escapar rapidamente de conflitos, empregar Amorphous pode ocasionalmente salvar o dia.

Clérigo

A classe Cleric faz maravilhas quando combinada com Plasmóides, desde que se evite vestir armaduras pesadas, inconvenientes para corpos amorfos.

Beneficiar-se de reforços defensivos contra ataques de ácido e venenos é uma vantagem adicional. Usar Pseudopod os ajuda consideravelmente a realizar feitiços baseados em toque com maior eficiência.

Os clérigos podem enfrentar algumas dificuldades quando se trata de componentes de feitiços complexos devido à sua forma amorfa, mas com um pouco de criatividade e boa interpretação, até mesmo esse obstáculo pode se transformar em uma aventura por si só.

druida

Para aqueles que amam a interessante dinâmica entre natureza e magia, optar por um Druida ao jogar com um personagem Plasmóide pode ser particularmente gratificante.

Os benefícios defensivos naturais de um Plasmóide, juntamente com sua capacidade de remodelar seus corpos, oferecem vantagens substanciais. Quando a forma selvagem do druida é levada em consideração, surgem possibilidades ilimitadas para o seu grupo traçar estratégias.

Onde um Plasmóide realmente brilha como Druida é a facilidade que ele traz para tocar feitiços de cura, graças à sua característica Pseudópode. Escolher a classe Druida como Plasmóide pode abrir um caminho de jogo intrigante e estratégico para você.

Lutador

Uma classe Fighter não apenas abre alguns ângulos de defesa e utilidade fascinantes, mas também destaca alguns dos desafios únicos que uma estrutura corporal amorfa pode apresentar ao lidar com equipamentos pesados.

Embora um Lutador Plasmóide tenha excelentes mecanismos de defesa inatos, operar equipamentos pesados, como armaduras ou armas, pode ser problemático devido aos seus corpos naturalmente fluidos.

Esses desafios tornam as construções do Tavern Brawler interessantes para os Fighters, tornando-o uma mistura cativantemente equilibrada de desafios e utilidades.

Monge

Monges são sem dúvida uma das melhores classes que combinam impressionantemente bem com as capacidades únicas dos Plasmóides.

Com uma mistura de características de sobrevivência aprimoradas que combinam excepcionalmente bem com a Defesa Unarmored de Monk e flexibilidade que vai além da imaginação - há muito para os fãs obstinados de D&D nesta escolha.

Devido à forma fluida dos pseudópodes dos Plasmóides, os ataques físicos podem não ser tão fortes.

Paladino

Paladinos operando como plasmóides oferecem benefícios substanciais tanto em termos de defesa quanto de utilidade. Porém, assim como os lutadores, os Paladinos encontram problemas ao manobrar equipamentos pesados devido aos seus corpos amorfos.

Isso não nega o fato de que os plasmóides se prestam magnificamente bem a esta classe, oferecendo características e limitações fascinantes que tornam a jogabilidade atraente.

Guarda-florestal

Para os Rangers, os Plasmóides podem ser uma escolha sólida devido à sua resistência inata contra venenos. Isso pode lhe dar uma vantagem de imunidade ao lutar contra adversários que usam veneno em D&D.

Apesar desta vantagem, os Rangers não obtêm benefícios adicionais da raça Plasmoid como algumas outras classes. Mas num mundo onde o veneno pode mudar o rumo das batalhas, esta característica racial pode ser significativamente benéfica.

Por conta própria

Se alguma vez existiu uma classe que gritou furtividade e utilidade e capitalizou as características raciais únicas dos plasmóides, é de fato o Ladino.

Os plasmóides podem se espremer em locais apertados com facilidade – algo inestimável tanto para espionagem quanto para evasão de oponentes.

Além dessa agilidade secretada por sua natureza viscosa, eles também possuem pseudópodes que podem auxiliar em tarefas de prestidigitação. Essas características, combinadas com bônus de defesa acumulados, proporcionam uma jogabilidade esplêndida.

Feiticeiro/Bruxo/Mago

Feiticeiros, Bruxos ou Magos que jogam como plasmóides desfrutam principalmente de vantagens na defesa contra personagens ou criaturas dotadas de ataques de veneno devido à notável tolerância do Plasmóide para com eles.

Eles podem achar a característica pseudópode um pouco menos eficaz, pois é vista como uma mão mágica inferior.

Apesar dessas considerações, escolher uma classe de tecelagem de feitiços enquanto joga como um plasmóide nunca perde seu charme devido às forças e desafios incomuns que seu avatar gelatinoso traz consigo.

Leia também: Corrida de Golias 5E [Poder e resistência como um parente gigante em DnD]

Perguntas frequentes sobre a corrida Plasmoids 5E

Qual é a corrida Plasmoids 5E em Dungeons & Dragons?

Os plasmóides são uma raça única, semelhante a uma gosma, no D&D 5E, conhecida por seus corpos amorfos e características intrigantes, como ser capaz de se espremer em espaços apertados.

Como o traço Amorfo de um Plasmóide afeta a jogabilidade?

O traço Amorfo permite que os Plasmóides se espremerem em espaços estreitos que outros personagens não conseguem, proporcionando vantagens estratégicas em cenários de exploração e fuga.

Os plasmóides podem se comunicar porque não possuem partes convencionais do corpo?

Sim, apesar de não possuírem partes tradicionais do corpo, como olhos ou bocas, os Plasmóides podem se comunicar fluentemente, muitas vezes conhecendo o Comum e um outro idioma escolhido pelo Dungeon Master (DM).

As opções de tamanho dos Plasmóides têm algum impacto nas habilidades do meu personagem?

Sim, escolher seu personagem plasmóide como pequeno ou médio pode afetar o manuseio de armas e as oportunidades de lançamento de feitiços, dependendo da sua classe.

Que tipos de classes funcionam bem com as características únicas do Plasmóide?

As classes que aproveitam ao máximo as características de um plasmóide incluem Monges devido à sua maior capacidade de sobrevivência ou Druidas por seus feitiços de cura por toque com pseudópodes.

Autor

  • Ashish Arya

    Sou um entusiasta de tecnologia e jogador de longa data, vindo da bela cidade de Chandigarh. Minhas paixões vão desde mergulhar em mundos como GTA V, COD, SIMS, Roblox e Minecraft até explorar as últimas inovações em laptops e tecnologia. Armado com um diploma de bacharel em aplicativos de computador, adoro compartilhar minhas idéias por meio da escrita e do envolvimento com outros entusiastas. Junte-se a mim em minha jornada pelos reinos em constante evolução dos jogos e da tecnologia!